Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

TRT 22 é um dos mais produtivos e o mais ágil do País, segundo CNJ

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir

Entre todos os Tribunais Regionais do Trabalho, o TRT 22 é um dos três mais produtivos do País, em trâmites de primeiro grau, e é também o mais ágil, com tempo médio de apenas nove meses no giro de acervo dos processos. É o que revela o relatório “Justiça em Números 2021”, publicado pelo Conselho Nacional da Justiça (CNJ), com base de dados levantados em 2020. Mesmo com menores números de magistrados e servidores, e um dos orçamentos mais reduzidos da Justiça do Trabalho, atingiu alguns resultados nivelados aos maiores Regionais.

 

É importante ressaltar que, segundo escore do CNJ, o TRT 22 é o menor entre os 13 Tribunais de pequeno porte dessa Justiça Especializada. Veja aqui a tabela completa de classificação.

 

Um dos feitos mais notáveis refere-se ao Índice de Produtividade Comparada da Justiça (IPC-JUS), parâmetro que “busca resumir a produtividade e a eficiência relativa dos tribunais em um escore único”. Nesse indicativo, o TRT 22 alcançou 100% de rendimento, na 1ª instância, ao lado do TRT 14 (Rondônia/Acre). Alcançou também rendimento máximo na esfera administrativa, mais uma vez nivelado com o TRT 14 (Rondônia/Acre) e ainda com o TRT 15 (Campinas/SP). 

 

Outros índices de destaque do TRT 22, no Justiça em Números 2021:

 

Eficiência – O TRT 22 é um dos quatro Tribunais Trabalhistas mais eficientes do País, juntamente com: TRT 14 (Rondônia/Acre), TRT 8 (Pará), e TRT 15 (Campinas/SP), que são, respectivamente, de pequeno, médio e grande portes.

 

Índice de Produtividade por Magistrado (IPM) – Foi alcançada a produtividade máxima no IPM, com 1.240 casos baixados por magistrado, no ano, atingindo 100% de cumprimento da meta estabelecida para o IPC-Jus, resultado que ultrapassou todos os tribunais de pequeno, médio e grande portes. Acesse aqui o gráfico.

 

Índice de Produtividade por Servidor (IPS) – Em IPS, o TRT 22 conseguiu também 100% de cumprimento da meta estabelecida para o IPC-Jus. Apenas o TRT 22 e o TRT 15 (Campinas/SP) atingiram rendimento máximo dessa meta. Veja aqui o gráfico. Especificamente na área judiciária, considerando a fase processual de execução em 1º grau, a produtividade dos servidores do TRT 22 superou todos os Tribunais Trabalhistas, com 119 processos baixados ao ano. O 2º lugar ficou com o TRT 20 (Sergipe), que conseguiu baixar 60 processos. Clique e veja o gráfico.

 

Taxa de Congestionamento Líquida (TCL) – O TRT 22 alcançou uma das três menores taxas de congestionamento (40%), entre todos os Regionais da Justiça Trabalhista. Em especial na fase de execução da 1ª instância, atingiu o melhor índice (apenas 49%) da Justiça do Trabalho. Clique e veja o gráfico. Com esse desempenho, o TRT 22 foi destaque em notícias publicadas nos sites do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). Confira os links do TST e do CSJT.

 

Justiça do Trabalho no Brasil

Ao todo, a Justiça do Trabalho (JT) arrecadou 3,8 bilhões e sua média de IPC-Jus em relação a todo o Poder Judiciário foi de 69% no 1º grau e de 75% no 2º grau. Também foi o ramo da Justiça que mais promoveu conciliações ao longo do ano, tendo solucionado 23% de seus casos por meio de acordo. O índice aumentou para 45% considerando apenas a fase de conhecimento.Além disso, a JT destacou-se com 100% de casos novos virtuais no 1º grau, em todos os TRTs e no TST; e com 99,8% no 2º grau dos TRTs. Todos esses índices destacados refletem a capacidade da JT em atuar com eficácia, mesmo em tempos de pandemia.

 

Acesse aqui o Justiça em Números 2021 - Relatório Completo

visualizações
Logomarca TRT18
Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região
Av. João XXIII, 1460, bairro dos Noivos
Teresina-PI, Cep: 64045-000
Atendimento ao público: (86) 2106-9500
CNPJ: 03.458.141/0001-40
Atendimento: 08:00h às 15:00h